Bem vindo ao Exotic Finches - Fórum especializado em exóticos, com novos tópicos de interesse e informação visual extraordinária!

Partilhe, aprenda, divulgue, conheça, o contributo de todos tornará ainda mais forte e sólida a ornitologia NACIONAL!

Standard 1ª Parte - Tamanho, Forma, Postura.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Standard 1ª Parte - Tamanho, Forma, Postura.

Mensagem por Fernando Domingues em Ter Dez 22, 2009 12:12 pm

Bloco técnico do Diamante Mandarim: tamanho, forma, postura.

O tamanho, forma, a postura são três principais itens que fazem parte da avaliação geral de um diamante mandarim.
Ao longo dos anos, a evolução da seleção, obteve características que nada têm a ver com os indígenas mandarins australianos, muito menos com a subespécie conhecida como a de “Timor ", que também diferem na ausência do padrão de zebra no peito, que passa a ser de uma cor uniforme cinza.
O comprimento mínimo exigido é de 10,5 cm da ponta do bico até o final da cauda, mas não devem ser considerados individualmente, mas esse comprimento deve ser uma avaliação global que inclui a forma e a postura. Os Mandarins devem ter, como um todo um aspecto visual agradável e harmonioso.
A posição no poleiro é muito importante, a linha do dorso-cauda deve ser de cerca de 45 ° com o poleiro, uma posição demasiado vertical também é uma falha a ser dado o ângulo das pernas; quando a barriga toca no poleiro pode ser considerado um defeito grave, as asas devem estar próximos ao corpo, as extremidades não se cruzam nas costas e devem-se “desintegrando”, a cauda deve estar em consonância com a linha superior.
A linha da barriga deve ser uma curva contínua e suave, que começa a partir do queixo e chega à região anal sem ser interrompido por protuberâncias causadas pela massa de gordura localizada no tórax e abdómen inferior.
Visto frontalmente, o peito deve ser amplo e arredondado, com a cabeça proporcional com testa larga, bochechas proeminentes tanto como lágrimas e bigode, que devem ser visíveis a partir de cima na cara. A cabeça vista lateralmente deve ter uma forma arredondada, sem achatamento do topo. O bico deve ter uma forma triangular com lados iguais, como sugerido, como um triângulo equilátero bem inserido na cabeça com a linha que liga as duas partes do bico que é tangente à circunferência abaixo do olho.
A cor do bico, a cor do macho deve ser vermelho-coral com uma superfície brilhante e sem escalas, a cor da fêmea é mais pálida, tendendo para o laranja. Pálido de cor, tendendo para o laranja no sexo masculino, de cor laranja pálido para o sexo feminino e a presença de depósitos são considerados defeitos. As observações feitas sobre a cor da mutação também deve ser aplicadas sobre a mutação de bico amarelo, onde o macho tem o bico amarelo, cor de limão e a fêmea um amarelo desvanecido.
As pernas devem ter três dedos apontando para a frente e um de frente para trás, com todas essas unhas, devem estar livres de calos e devem agarra bem o poleiro. As pernas devem estar livres de escamas, a cor deve ser brilhante e vermelho vivo e na nas mutações amarelas deve ser amarelo brilhante.

_________________
Cumprimentos
Fernando Domingues
Criador de aves do género Estrilda
6 Medalhas em Campeonatos do Mundo

www.estrildidae.wordpress.com
avatar
Fernando Domingues

Mensagens : 787
Data de inscrição : 31/08/2009
Idade : 33
Localização : Pardilhó-Estarreja

http://www.estrildidae.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum