Bem vindo ao Exotic Finches - Fórum especializado em exóticos, com novos tópicos de interesse e informação visual extraordinária!

Partilhe, aprenda, divulgue, conheça, o contributo de todos tornará ainda mais forte e sólida a ornitologia NACIONAL!

estrilda rhodopyga

 :: Aves :: Bicos de lacre

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

estrilda rhodopyga

Mensagem por LuisBaleia em Sab Ago 20, 2011 11:48 pm

Boas estava interessado em comprar 1 casal destas aves mas meto-me a olhar para elas e não vislumbro nenhuma diferença entre elas,alguém que tenha esta espécie e me possa dar umas dicas para eu conseguir distinguir macho da femea? eis uma imagem :

avatar
LuisBaleia

Mensagens : 169
Data de inscrição : 09/05/2011
Idade : 40
Localização : Magoito / Sintra

http://magoitoexoticos.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: estrilda rhodopyga

Mensagem por LLourenco92 em Dom Ago 21, 2011 7:48 am

Boas.

Ainda no outro dia vi um casal à venda numa loja aqui perto.
Em relação ao dimorfismo não te sei dizer ao certo mas deve ser como nos Bicos de Lacre scratch
avatar
LLourenco92

Mensagens : 293
Data de inscrição : 17/12/2010
Idade : 25
Localização : Almada

http://lourencoaves.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: estrilda rhodopyga

Mensagem por LuisBaleia em Dom Ago 21, 2011 11:10 am

Pois... visto assim normalmente são iguais... só se for mesmo por baixo!Obrigado na mesma!
avatar
LuisBaleia

Mensagens : 169
Data de inscrição : 09/05/2011
Idade : 40
Localização : Magoito / Sintra

http://magoitoexoticos.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: estrilda rhodopyga

Mensagem por Fernando Domingues em Ter Ago 23, 2011 11:31 am

Olá Amigo Luis, bem... está mesmo empenhado em seguir a reprodução de estrildas. Cuidado que os Faces Laranja e o Bico de Lacre de Bico Preto (Estrilda rhodopyga) fazem parte de um leque de aves com um nível de exigência muito maior. Aconselho vivamente que as pessoas dêm este passo só quando tiverem excelentes resultados nos Bicos de Lacre, pois o conhecimento acumulado na reprodução do nosso Bico de Lacre, será a chave do sucesso nas restantes espécies.
Efectivamente esta ave faz parte da minha lista de aquisições e já as vi em Portugal, só que ainda não vi bons exemplares.
A cor do macho é ligeiramente mais castanha que na fêmea (esta é mais pálida).
Brevemente irei ter Estrildas troglodytes e muito provavelmente também o rhodopyga.
Espero tê-lo ajudado amigo Luis, espero que consiga arranjar boas aves. Já agora, consegui arranjar a fêmea de Face Laranja?
Abraço

_________________
Cumprimentos
Fernando Domingues
Criador de aves do género Estrilda
6 Medalhas em Campeonatos do Mundo

www.estrildidae.wordpress.com
avatar
Fernando Domingues

Mensagens : 787
Data de inscrição : 31/08/2009
Idade : 33
Localização : Pardilhó-Estarreja

http://www.estrildidae.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: estrilda rhodopyga

Mensagem por Ivo em Ter Ago 23, 2011 7:44 pm

Olá Fernando,
No início deste ano estive para adquirir um troglodytes, só não o fiz porque era só um macho.
O que me fascina nos estrildas são a variedade de cores porque quem gosta dos lacres clássicos gosta de todos os outros pois são aves mais dotadas de cores e de pigmentação.
Quem sabe no futuro não venha adquirir, mas para já quero ver como acaba este ano.

Abraço

_________________
Cumprimentos
Ivo
http://exotikbirds.wordpress.com/
avatar
Ivo

Mensagens : 345
Data de inscrição : 27/10/2009
Idade : 33
Localização : Palmela

http://exotikbirds.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: estrilda rhodopyga

Mensagem por LuisBaleia em Ter Ago 23, 2011 11:14 pm

Boas Fernando... ele disse que isto era um casal sexado que tinha metido o macho a ver a femea em gaiolas separadas e o macho chamava pela femea... e disse para eu fazer o mesmo já que eu nao tinha a certeza... epá nem sei... vou meter-me de olho para vêr se vejo algum a cantar!!!!Em relação aos meus bicos de lacre devo têr feito porcaria porque estavam na segunda postura e já com 1 ovo e tive que desmanchar o ninho e passa-los para uma gaiola nova tanto estas aves como todas que tinha... o que acabou por se traduzir num desastre total desde ovos rejeitados a crias rejeitadas, mas tinha que fazer isto agora senao nao tinha tempo para fazer as instalações novas assim foi um mal que veio por bem...ao menos vão têr melhores condições...
Em relação a não têr expriência tens razão amigo só começei a criar aves a sério ácerca de 1 ano mais ou menos mas a minha intenção sempre foi e vai sêr criar espécies mais complicadas e mais caras de preço claro; mas para isso teria que fazer como fiz e ainda faço; criar pássaros e vender para ganhar algum dinheiro para investir nessas espécies mais complicadas e acho que vai sêr um bom desafio porque estas espécies mais conhecidas já não me estão a dar entusiasmo mas vai sêr bom entrar neste campo da Estrildidae e ainda por cima logo agora que me inscrevi num clube e vou receber as minhas primeiras anilhas em Setembro ou Outubro e vou têr o cartão de criador.
Mas nesta vida de criador há que têr paciência esforço e dedicação o resto pode sêr que apareça!
Cumps
avatar
LuisBaleia

Mensagens : 169
Data de inscrição : 09/05/2011
Idade : 40
Localização : Magoito / Sintra

http://magoitoexoticos.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: estrilda rhodopyga

Mensagem por Fernando Domingues em Qui Ago 25, 2011 6:04 pm

Olá Luis, na realidade fico muito contente por querer criar este tipo de aves, que sinceramente são na sua grande maioria, desconhecidas dos criadores Portugueses. Já começam a aparecer algumas aves destas em Portugal e consequentemente alguns criadores, no futuro vou ter concorrência e da pesada, mas também estou desejoso que isso aconteça.
Eu compreendo perfeitamente a tua maneira de pensar, também gosto de me meter no difícil, mas só o faço quando já levo alguma bagagem, senão os riscos são muito grandes e a frustração também será muita.
Já agora quanto é que estão a pedir por um casal de rhodopygas nessa loja?
Em relação aos teus lacres vais ver que para o próximo ano, tudo vai correr melhor, uma vez que as condições também serão melhores. Pode ser que ainda decidam fazer alguma coisa, mas normalmente a mudança de local põe um fim às nossas expectativas. Espero um dia ter o prazer de conversar pessoalmente com o luis, uma vez que partilhamos a mesma paixão. Estarei na Avixira este ano, se o amigo der lá um salto diga qualquer coisa, ok? Abraço

_________________
Cumprimentos
Fernando Domingues
Criador de aves do género Estrilda
6 Medalhas em Campeonatos do Mundo

www.estrildidae.wordpress.com
avatar
Fernando Domingues

Mensagens : 787
Data de inscrição : 31/08/2009
Idade : 33
Localização : Pardilhó-Estarreja

http://www.estrildidae.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: estrilda rhodopyga

Mensagem por Avilandiapt em Dom Ago 28, 2011 8:23 pm

Olá,

Luis, atenção ao rhodopygas. Já tive uns quantos e são realmente bastante mais exigentes em termos de manutenção. Embora à primeira vista possam até parecer aves relativamente resistentes e mais "fáceis", pela experiência que tive com eles, estão muito mais próximos em termos de exigência do grupo dos Uraenginthus do que dos bicos de lacre na generalidade, incluindo a nível de comportamento.

Cumprimentos,

Ricardo M.
avatar
Avilandiapt

Mensagens : 126
Data de inscrição : 17/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: estrilda rhodopyga

Mensagem por Fernando Domingues em Ter Ago 30, 2011 5:20 pm

Olá Ricardo, é um enorme prazer receber-te neste fórum. Fazia questão na minha infância de acompanhar o teu site na internet. Foste determinante senão pioneiro, para a divulgação e informação acerca de muitas espécies de exóticos em Portugal.

Em relação ao tópico, não poderei avançar muito com os rhodopygas pois nunca tive nenhum exemplar. Aquilo que sei de um amigo meu estrangeiro, é que o comportamento até não varia assim muito dos restantes estrildas. O que varia sim, é o grau de dificuldade de reprodução. Esse meu amigo tem inclusive casais de estrilda atriccapila e paludicola. Pelo que tive a oportunidade de observar (através de vídeos) e que mesmo não tendo estas espécies, já tinha chegado a esta conclusão com as minhas, é que são 6 os factores determinantes para o sucesso deste tipo de aves a nível de manutenção e reprodução:
- luz solar directa,
- espaço,
- muita vegetação natural,
- diversidade de alimento vivo, o que inclui térmitas e buffalo para além do tenébrio.
- Muita, mas muita erva do campo
- Mistura de sementes rica e variada, pena que tenha de ser uma mistura feita pelo próprio criador uma vez que não exista nenhuma no mercado.
Este tipo de aves não gostam muito da presença do ser humano, pelo que rapidamente rejeitam os ninhos. Os comedouros devem ser colocados na porta (tipo sistema giratório) e os bebedouros colocados no interior do viveiro, sendo reposta a água diariamente com recurso a uma torneira ou mangueira só para aquele efeito.
Das aves que eu tenho e que se mais se aproximam dos rhodopygas segundo a minha opinião pessoal, são os caudas de vinagre.
Mas será muito interessante debater este tema no futuro.

_________________
Cumprimentos
Fernando Domingues
Criador de aves do género Estrilda
6 Medalhas em Campeonatos do Mundo

www.estrildidae.wordpress.com
avatar
Fernando Domingues

Mensagens : 787
Data de inscrição : 31/08/2009
Idade : 33
Localização : Pardilhó-Estarreja

http://www.estrildidae.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: estrilda rhodopyga

Mensagem por Avilandiapt em Ter Ago 30, 2011 8:11 pm

Olá Fernando,

Tenho todo o o gosto em participar. infelizmente não tenho tido tempo ou condições para me dedicar às aves como noutros tempos mas um dia destes ainda volto ao activo!

Em relação aos rhodophygas quando falei no comportamento estava a pensar nos estrildas "tipicos" como o E.astrild, ou até mesmo E.melpoda e por estranho que pareça os E.melanotis quartinia.
Os paludicola nunca mantive,´mas atricapillas sim e enquandro no mesmo grupo... Ao contrário dos cauda-vinagre como dizes que considero muito mais próximos dos uraenginthus em comportamento (alimentar, territorial, etc...). Nisso estamos de acordo, os rhodophyga são mais para essa zona.
Têm o hábito de andar mais pelos ramos e os meus adoravam comida "suspensa".

De qualquer forma em relação ao búfalo, eu passei a preferir trela pequena que aproveitam melhor sem notar problemas. Ervas em espiga são algo enorme. Seja manter ervas dentro do viveiro ou vários canteiros e vasos com sementes em espiga.
As térmitas, enfim, quando se arranjam, mas dei-me bem com colónias livres de moscas de fruta.

Em relação à mistura, plenamente de acordo, com estas espécies é preciso mudar e formular misturas. A adição básica da mistura de sementes selvagens (ou mistura de blattner lugres) ajuda, mas mesmo assim... Outra adição que me habituei e dei bem com estas aves foram espigas de painço vermelho.

Cumprimentos,
avatar
Avilandiapt

Mensagens : 126
Data de inscrição : 17/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: estrilda rhodopyga

Mensagem por Fernando Domingues em Ter Ago 30, 2011 9:28 pm

Obrigado Ricardo, realmente por vezes não é fácil ter tempo para dar aqui uma saltada, mesmo para mim.
Realmente, quando disponibilizamos ervas do campo ou espigas de paínço simultaneamente no chão ou suspenso, as aves sem dúvida preferem a comida suspensa.

Moscas da fruta nunca experimentei, talvez um pouco por preguiça. Apesar destas aves serem de pequeno porte as larvas que os meus mais preferem são as de tenébrio, que deixam apenas a casca. Já o búfalo na maior parte das vezes engolem inteiro.

Em relação à mistura plenamente de acordo com as sementes selvagens, (neste caso as principais são as de capim, milhã e leituga, isto é... segundo a minha experiência. Para o ano, devido a um contrato que tenho com uma empresa do ramo, irei revelar a minha fórmula pessoal. Também dou muito espigas de paínço, mas amarelo.

Percebi que já tiveste muitas das espécies de estrildas, desististe porquê? Como tens reparado é um grupo de aves que está em crescimento exponencial. Eu tenho 3 espécies, mas em breve irei receber rhodopygas e troglodytes. Passo a passo chegarei aos melanotis, melanotis quartinia e erythronotus. Já agora se me puderes ajudar como tens muitos conhecimentos, que achas desta ave http://www.youtube.com/user/ferdinandomingues#p/u/0/DswkDXGztMA apesar de ter bastante presença de phaeomelanina, até nas unhas, tem suscitado algumas controvérsias no que diz respeito à mutação. Eu penso que seja castanho. Podes através desta página ver alguma das minhas aves. Um abraço

_________________
Cumprimentos
Fernando Domingues
Criador de aves do género Estrilda
6 Medalhas em Campeonatos do Mundo

www.estrildidae.wordpress.com
avatar
Fernando Domingues

Mensagens : 787
Data de inscrição : 31/08/2009
Idade : 33
Localização : Pardilhó-Estarreja

http://www.estrildidae.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: estrilda rhodopyga

Mensagem por Avilandiapt em Qua Ago 31, 2011 8:27 pm

Olá Fernando,

As moscas da fruta são uma forma prática de ter alimento vivo self-service. Talvez difíceis para gaiolas, mas muito simples de manter em viveiros o que é um sistema normal para muitas destas espécies.
Para mim a vantagem do tenebrio pequeno é a facilidade de encontrar vários tamanhos e larvas em muda (brancas), algo que no bufalo é muito complicado. Além disso as larvas de bufalo são muito mais rápidas e noto que fogem com muita facilidade. Apesar disso também as usei bastante. Preferência mesmo são as larvas de grisella (ou galleria pequena), fantásticas e sem casca!

Nas misturas há muito tempo que tive que começar a "mexer". Pelo que fui vendo e falando lá fora fui ajustando e acabei por encontrar 3 pontos chave: painços vermelhos, milho japones em criação e relvas (azevéms e afins). Sinceramente a mistura que usei e gosto acabava por ser um compromisso entre a facilidade de acesso a ingredientes e mistura, não a que seria ideal. Mas claramente muito melhor que o que aparece já feito. Basicamente temos oferta para australianos (alguns...) e africanos "básicos". A nivel de estrildideos, eles comem, mas...

Sim, já tive umas quantas espécies. Umas mais a sério que outras.
Astrild, troglodytes (incluindo bico amarelo...), melpoda, rhodophygas, melanotis quartinia (o melanotis melanotis não), eryhtronotus, nonullas, atricapilla, 3 espécies de amarante, guardas-marinhos e mosqueados, face-carmesim, peito-celeste, granatinas, granatinas purpura e mais umas quantas que por vezes arranjava.
Passei por muitas outras, degolados, bicos de chumbo e bicos de prata (dos primeiros com mutações que hoje andam ai ao pontapé...), pytilias, enfim. Com o tempo fui centrando em espécies que me davam mais gozo, os estrildas, os uraenginthus, bicos de chumbo e prata, degolados e mandarins. Algumas espécies fui mantendo por gosto a criar em viveiros exteriores, mas apenas por gosto mesmo.
O grande problema era sempre arranjar aves de forma sustentada porque muitas eram aves importadas na altura com todos os problemas e apareciam muito esporadicamente, mesmo lá por fora. Foi sempre uma guerra de 2-3 pessoas conseguir ir mantendo algumas espécies. Algumas conseguimos e foram-se vulgarizando criadas por cá, outras nem por isso.
Na fase em que comecei a ter melhores condições e conhecimentos, o tempo livre, familia, etc... (as coisas do costume) não eram os mesmos e há uns 2-3 anos acabei por parar mesmo durante uns tempos.

Em relação ao video, não consigo ter noção da cor. Pelas zonas melânicas, sinceramente não me parece um castanho, MAS apenas ocm imagens é muito complicado dizer porque um concentração grandes de phaeomelanina pode chegar a parecer negro. Contudo, esperava de um castanho uma distribuição diferente no dorso. Acontece o mesmo processo em aves ligeiramente "estriadas" como o L.malabarica castanho, em que a conversão, sendo completa, deixa a ave não mais clara, mas totalmente castanha.
Pelo que vejo parece-me mais uma diluição parcial.

Cumprimentos,
avatar
Avilandiapt

Mensagens : 126
Data de inscrição : 17/08/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: estrilda rhodopyga

Mensagem por LuisBaleia em Qui Set 01, 2011 9:27 pm

Boas pessoal.. peço desculpa pela demora a responder mas tive 1 semana em Espanha de férias e o acesso que tinha á web tinha de ser pago! Aproveito para agradeçer pelas respostas tanto do Avilândia como do Fernando e dos outros tb! Em relação aos rhodopygas arranjo a 100 euros o casal. Tenho andado um bocado triste porque deixei o meu pai a tratar das aves e ele não percebe muito e como existem aves com comida diferente ao 3 dia ja me tinham morrido 3 aves e fiquei essa semana toda de férias em stress e só queria voltar para as minhas aves... a minha mulher e meu puto levaram comigo todo stressado nessa semana coitados e com razão e ainda por cima hoje no avião nunca tinha apanhado com tanta turbulência a chegar a Portugal que até os meus pés transpiravam com mêdo de não chegar a casa tudo junto com a semana antes de ir de férias têr aconteçido tb desgraças quando mudei as instalações todas Sad enfim! EM relação a exposições não vou a nenhuma tão depressa devido a serem muito longe de onde moro e sai muito caro!
Mas concerteza iremos nos encontrar um dia ou quem sabe 1 dia combinarmos 1 dia num fim de semana e almoçarmos todos juntos a meio caminho de casa entre todos!!
Outra coisa Fernando tenta arranjar o banner do site para meter no meu blog!
Até breve!
avatar
LuisBaleia

Mensagens : 169
Data de inscrição : 09/05/2011
Idade : 40
Localização : Magoito / Sintra

http://magoitoexoticos.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: estrilda rhodopyga

Mensagem por Fernando Domingues em Seg Set 05, 2011 2:41 pm

Olá Ricardo obrigado pela resposta. De facto em cerca de 30 aves, é a única com este fenótipo. Em todas as outras, a cor de fundo é o cinzento. Concordo plenamente em relação ao que disseste em termos de diluição, neste pormenor também se diferencia das restantes aves. Concordo também que para um castanho, deveria ser mais oxidado.
Contudo existe alguns pontos que já revi com uns colegas meus. A presença de unhas castanhas é o que me deixa mais intrigado, pois o bico de lacre clássico tem as unhas e patas bem oxidadas... é negro e ponto final. Mas não é tudo... esta ave tem um irmão com o mesmo pormenor de unhas. Apresenta também uma leve diluição, mas nada que se compare com esta fêmea. O macho é um clássico mas com um leve tom anormal (castanho). Existem mutações em que se consegue saber se é portador de algo a olho nú. O facto do macho ter um pouquinho de nada de castanho, unhas castanhas e a fêmea ser totalmente diferente, faz-me pensar se estou ou não na presença de uma característica que está ligada ao sexo. Será um castanho diluído? É que a ave tem muita phaeomelanina e as melaninas são claramente diluídas. A fêmea é uma ave mais pequena que as outras. Eu já tive um macho pastel, mas era muito miúdo para o poder compreender e tal como esta, era uma ave pequena... é uma ave que terei de levar ao Campeonato do Mundo para ter certezas.

Luis em relação aos valores, estão dentro do que já vi. Terei também todo o prazer conhecer-vos pessoalmente. Com o Ricardo já me cruzei de passagem, pois sou um dos fundadores do Magazine Ornitológico.
Peço desculpa por ainda não ter feito um banner, mas é que estou sem computador porque foi para a garantia para reparações...e tenho recorrido ao da namorada para dar aqui uma escapadela....coitada da moça Very Happy Prometo que assim que o tiver que trato disso.

_________________
Cumprimentos
Fernando Domingues
Criador de aves do género Estrilda
6 Medalhas em Campeonatos do Mundo

www.estrildidae.wordpress.com
avatar
Fernando Domingues

Mensagens : 787
Data de inscrição : 31/08/2009
Idade : 33
Localização : Pardilhó-Estarreja

http://www.estrildidae.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: estrilda rhodopyga

Mensagem por LuisBaleia em Seg Set 05, 2011 8:58 pm

Ok, era só para te lembrar Smile
Cumps!
avatar
LuisBaleia

Mensagens : 169
Data de inscrição : 09/05/2011
Idade : 40
Localização : Magoito / Sintra

http://magoitoexoticos.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: estrilda rhodopyga

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 :: Aves :: Bicos de lacre

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum